Pular para o conteúdo principal

Fazenda e estação ferroviária com símbolos nazistas são tombada no Brasil

Não devemos nunca apagar a história, por mais perversa que ela seja, todos precisam saber as atrocidades que o homem é capaz de fazer a outro homem.

A Fazenda Cruzeiro do Sul e a Estação Ferroviária Engenheiro Hemílio, localizadas entre os municípios de Paranapanema (SP) e Campina do Monte Alegre (SP), foram tombadas como Patrimônio Histórico e Cultural.

Os locais ficaram conhecidos nacionalmente após tijolos e documentos marcados com suásticas, símbolo do nazismo, serem encontrados por um fazendeiro. Pesquisas também apontaram que a propriedade promovia a exploração de trabalho infantil, durante as décadas de 30 e 40.

A decisão é de fevereiro, mas foi divulgada na sexta-feira (18) pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), que considerou a fazenda e a estação como a "materialização de pensamentos segregacionistas e preconceituosos vividos pela sociedade brasileira".

O tombamento da fazenda e da ferroviária foi determinado quase 30 anos após o fazendeiro José Ricardo Maciel encontrar tijolos marcados com suásticas nos locais, enquanto reformava um chiqueiro.

Além das grafias, o fazendeiro também encontrou fotos de animais marcados a ferro com o símbolo, guardadas na propriedade, que evidenciam a presença de partidários do ditador Adolf Hitler na região.

Depois da primeira descoberta, José Ricardo decidiu buscar outras marcas na propriedade e ficou novamente impressionado ao encontrar o mesmo símbolo em várias construções, até mesmo em uma capela.

Em 1998, o achado histórico em Campina do Monte Alegre chegou ao conhecimento do historiador Sidney Aguilar Filho.

Após anos de pesquisa, Sidney constatou que a Fazenda Cruzeiro do Sul pertencia a uma família muito poderosa no Rio de Janeiro, que mantinha negócios em São Paulo e integrava a Ação Integralista Brasileira (AIB), organização de extrema direita simpatizante do nazismo.

O historiador também descobriu que os antigos donos traziam crianças negras de orfanatos cariocas para viver e trabalhar na região. Esses meninos não tinham nomes e eram chamados por números.

Ao todo, 50 meninos teriam vivido em situação de escravidão em Campina do Monte Alegre. Entre eles, Aloysio da Silva, que teve sua história contada no filme "Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil.

Fonte: O Globo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.