Pular para o conteúdo principal

Hospital Moinhos de Vento, por meio do PROADI-SUS, inicia mapeamento genético para identificar casos de câncer de mama e próstata no Brasil

Em parceria com o Ministério da Saúde, o projeto é conduzido pelo Hospital Moinhos de Vento e integra o Programa Genomas Brasil do Governo Federal; a meta é acompanhar 550 pacientes até 2023


O câncer foi responsável por aproximadamente 10 milhões de mortes em todo o mundo no último ano1 e, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que em 2020 mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata e 60 mil de câncer de mama acometeram homens e mulheres em todo o Brasil2, sendo esses os tipos mais comuns da patologia entre ambos os sexos no país.

Com a proposta de caracterizar e definir o perfil dos genes que originam diversos tipos de câncer -- considerada uma doença que surge a partir de uma mutação genética -- o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), em parceria com o Ministério da Saúde, executa o projeto “Onco-Genomas Brasil -- Melhorando o prognóstico e tratamento de câncer no SUS”. A iniciativa é conduzida pelo Hospital Moinhos de Vento, e faz parte do Programa Genomas Brasil do Governo Federal, que auxilia o sistema público de saúde na identificação e monitoramento da doença. Serão selecionados entre 25 e 30 centros oncológicos de todo o país para integrar o projeto e esses serão responsáveis por acompanhar 300 mulheres e 250 homens que apresentarem as doenças até o ano de 2023.

“Nosso objetivo principal é avaliar o perfil genético do câncer na população brasileira e, para isso, iremos iniciar com os dois cenários de maior prevalência de homens e mulheres: câncer de próstata e câncer de mama. O projeto possibilita um melhor entendimento dos aspectos hereditários e adquiridos para o desenvolvimento dos tumores”, explica a médica oncologista e responsável técnica da iniciativa, Dra. Daniela Dornelles Rosa.

Ainda de acordo com a especialista, a seleção dos participantes se dá pela possibilidade de tratamento. “Escolhemos populações com doença de alto risco, mas, por outro lado, altamente tratável a fim de associar os padrões genéticos dos pacientes e dos tumores com as respostas aos tratamentos instituídos”, esclarece.

Será testada uma linha de cuidado oncológico baseada na inclusão do sequenciamento completo do exoma -- exame genético que permite a identificação de mutações em partes específicas do DNA humano, comumente utilizado para o rastreamento de doenças genéticas, tal como o câncer e patologias raras. Os dados coletados servirão como insumos ao SUS para melhor compreensão e acesso ao diagnóstico da doença, além de permitir um tratamento ainda mais preciso e personalizado, bem como construir uma linha de cuidado preditiva para pacientes com câncer de mama localmente avançado.

Os benefícios para o SUS:

A iniciativa faz parte do Programa Genomas Brasil, do Governo Federal, e espera-se, ao final do projeto, que seus resultados beneficiem um mapeamento da ancestralidade da população, identificando a ocorrência e possibilitando o tratamento prévio de novos casos da doença, como explica o Dr. Gabriel Macedo, analista de biologia molecular e responsável técnico do projeto: “Com o rastreamento concluído será factível verificar, a nível regional, a presença de alterações genéticas que possam explicar padrões de incidência distintas do câncer. Quanto mais pessoas participarem do mapeamento, mais contribuições teremos para que as próximas gerações não voltem a ter as mesmas dificuldades no enfrentamento dessas patologias”.

A pesquisa irá alimentar um banco de genomas nacional com o intuito de colaborar com o rastreamento dos genes predisponentes, que criam condições para o surgimento da doença, ao câncer com identificação de outros tumores além de mama e/ou próstata. Após a conclusão do projeto, as evidências adquiridas irão embasar uma avaliação de custo-efetividade do tratamento de pacientes com tumores sensíveis no SUS, bem como comparar a efetividade da terapia curativa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.