Renan Bolsonaro é intimado para prestar depoimentos à PF sobre suspeita de vantagem indevida de empresário - Envira News

Ultimas

Post Ads

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Renan Bolsonaro é intimado para prestar depoimentos à PF sobre suspeita de vantagem indevida de empresário


A família de Bolsonaro está mais uma vez na mira e investigada por irregularidades. Dessa vez é Jair Renan, o 04 de Bolsonaro, intimado pela Polícia Federal para depor no inquérito que investiga o pagamento de propina por empresários com interesses na administração pública. Ele deve prestar depoimento ainda nesta semana.

A investigação tramita na Superintendência da PF do Distrito Federal. O documento do inquérito aponta que Jair Renan é associado com outras pessoas "no recebimento de vantagens de empresários com interesses, vínculos e contratos com a Administração Pública Federal e Distrital sem aparente contraprestação justificável dos atos de graciosidade. O núcleo empresarial apresenta cerne em conglomerado minerário/agropecuário, empresa de publicidade e outros empresários".

As suspeitas sobre o filho 04 do presidente envolvem a utilização da empresa de eventos dele, a Bolsonaro Jr Eventos e Mídia, para promover articulações entre a Gramazini Granitos e Mármores Thomazini, grupo empresarial que atua nos setores de mineração e construção, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O grupo empresarial que atua nos setores de mineração e construção e tem interesses junto ao governo federal presenteou Jair Renan e o empresário Allan Lucena, um dos parceiros comerciais do filho do presidente, com um carro elétrico avaliado em R$ 90 mil. Um mês após a doação, em outubro do ano passado, representantes da Gramazini Granitos e Mármores Thomazini, uma das empresas do conglomerado, se reuniu com Marinho. Segundo o ministério, o encontro, que também teve a participação de Jair Renan, foi marcado a pedido de um assessor especial da Presidência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads