Pular para o conteúdo principal

Jornalistas denunciam agressões de segurança de Bolsonaro na Bahia

Equipe da TV Bahia, afiliada da Globo, foi agredida por agentes da segurança da comitiva presidencial em Itamaraju

A presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas áreas atingidas pelas enchentes no sul da Bahia causou aglomeração, tumulto e denúncias de agressão contra jornalistas. Uma equipe da TV Bahia, afiliada da TV Globo, foi agredida por seguranças e apoiadores do chefe do Executivo na manhã deste domingo (12/12), em Itamaraju (BA).

O presidente sobrevoou as cidades baianas e visitou a população atingida pelo temporal. De acordo com a TV Globo, a repórter Camila Marinho e o cinegrafista Cleriston Santana estavam esperando o pouso do helicóptero do presidente no estádio municipal Juarez Barbosa. Quando Bolsonaro desceu, tanto os repórteres da TV Bahia quanto de outras emissoras tentaram se aproximar com os microfones para entrevistá-lo.

Um dos seguranças de Bolsonaro impediu que os profissionais se aproximassem, e chegou a segurar a repórter pelo pescoço com o antebraço e dar um “mata-leão” nela, segundo a emissora. A agressão não foi filmada devido à confusão.

No entanto, um registro em vídeo mostra outro momento de violência no mesmo local. Um segurança do presidente tentou evitar que os repórteres levassem os microfones para perto de Bolsonaro. Um dos equipamentos encostou no segurança, que então ameaçou os jornalistas: “Se bater de novo, vou enfiar a mão na tua cara. Não bata em mim, não batam em mim”, falou nas imagens que circulam pela internet.

Histórico de violência

Em nota, a TV Globo cobrou providências da Procuradoria-Geral da República (PGR) em uma ação em que são questionadas as agressões de Bolsonaro a jornalistas. O comunicado citou a participação do presidente na cúpula do G20, em Roma, em que profissionais de imprensa relataram violência por parte da equipe de segurança do chefe do Executivo.

“A imprensa cumpre um direito inscrito na Constituição e deve ter a sua segurança garantida. As cenas bárbaras de hoje e aquelas ocorridas na Itália, no dia 31 de outubro, ensejam duas constatações: se os seguranças agem por conta própria, a Presidência deve ser responsabilizada por omissão. Se agem seguindo ordens superiores, a Presidência deve ser responsabilizada por atentar contra a liberdade de imprensa e fomentar a violência contra jornalistas”, disse a nota.

Após o sobrevoo na Bahia, Jair Bolsonaro desembarcou em um campo de futebol e provocou aglomeração. O presidente não usava máscara de proteção individual. Ele estava acompanhado dos ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), João Roma (Cidadania), natural do estado, Marcelo Queiroga (Saúde) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.