Gabriel Boric derrota a extrema direita no Chile - Envira News

Ultimas

Post Ads

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Gabriel Boric derrota a extrema direita no Chile

O candidato da Frente Ampla de Esquerda Gabriel Boric, líder dos protestos estudantis de 2011, foi eleito presidente do Chile neste domingo (19) ao derrotar o ultradireitista José Antonio Kast, que telefonou ao adversário para reconhecer a derrota. Com 83% dos votos apurados, o candidato da Frente Ampla tem 55,5%, contra 44,4% de Kast.

Aos 35 anos, Boric será o mais jovem presidente da história do país e vai suceder o direitista Sebastián Piñera, que termina em março de 2022 seu segundo mandato à frente do país. Por volta das 19h30, já havia um grupo grande na praça Dignidade, com bandeiras e gritos de "Boric presidente", "liberdade aos presos políticos", "viva a democracia", além de bandeiras referentes à diversidade sexual e aos mapuche.

O esquerdista governará com um Congresso dividido, com o qual será necessário realizar acordos para viabilizar projetos como as reformas da Previdência e do sistema tributário.

Boric será também o presidente que comandará o país durante o plebiscito pela aprovação ou rejeição da nova Constituição, hoje redigida pela Assembleia Constitucional democraticamente eleita. Caso a nova Carta seja aprovada, também caberá ao novo líder comandar a implementação do documento.

Numa eleição em que os partidos tradicionais foram rejeitados nas urnas, o esquerdista leva ao poder uma nova geração de políticos que surgiram com as revoltas estudantis de 2011. Para conseguir o apoio necessário para a vitória, porém, Boric buscou a moderação de seu discurso, considerado radical por muitos setores, e se reconciliou com a Concertação, aliança de centro-esquerda que governou o Chile por 20 anos. Nas últimas semanas, obteve o apoio dos ex-presidentes Ricardo Lagos e Michelle Bachelet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads