Ministério da Saúde reduz intervalo de dose de reforço da vacina contra covid-19 - Envira News

Ultimas

Post Ads

terça-feira, 16 de novembro de 2021

Ministério da Saúde reduz intervalo de dose de reforço da vacina contra covid-19

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (16) a redução do intervalo da dose de reforço da vacina contra Covid-19. O intervalo passou de seis para cinco meses após o esquema vacinal completo (dose única ou duas doses). Além disso, a partir de agora, a dose adicional está liberada para qualquer pessoa com mais de 18 anos.

"Graças às informações que temos dos estudos científicos, nós decidimos ampliar a dose de reforço para todos acima de 18 anos que tenham tomado a segunda dose há mais de cinco meses", disse Marcelo Queiroga.

Até então, a dose de reforço estava aprovada para os maiores de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde.

Queiroga explicou que o ministério não divulgará um calendário por faixa etária para a tomar a dose adicional.

"Acima de cinco meses da segunda dose, independentemente da idade, já se pode buscar a sala de imunização", disse o ministro da Saúde.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclareceu não ter sido consultada pelo Ministério da Saúde sobre a aplicação da dose de reforço em maiores de 18 anos no país. Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (16/11), a pasta anunciou a medida e também reduziu o intervalo de recebimento da dose extra, de seis para cinco meses. 

A Anvisa destacou que, de todas as vacinas usadas no país, apenas a Pfizer solicitou alteração do esquema vacinal aprovado em bula, que prevê, atualmente, duas doses do imunizante. Em pedido apresentado à agência, a empresa requer a aplicação de uma terceira dose, de reforço. O órgão analisa o caso e espera o laboratório entregar informações adicionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads