Pular para o conteúdo principal

Desmonte na educação: as vésperas do Enem, 29 funcionários pedem demissão do INEP


Vinte e nove funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), pediram demissão nesta segunda-feira (8). A prova será realizada nos dias 21 e 28 de novembro, daqui a menos de duas semanas.

No pedido de dispensa encaminhado à diretoria do Inep, os servidores justificam a saída pela "fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima" do órgão. Também mencionam episódios de assédio moral, expostos em uma assembleia realizada na quinta-feira (4).

Entre os demissionários, está Camilla Leite Carnevale Freire, que integrava a coordenação-geral do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), de acordo com informações do Portal da Transparência. Assim como o Enem, essa prova também está prestes a acontecer: será aplicada no próximo domingo (14).

A Frente Parlamentar Mista da Educação, representada pelo professor Israel Batista (PV-DF), afirmou que vai protocolar na Comissão de Educação um requerimento para convocar o presidente do Inep para esclarecimentos. A entidade também deve enviar um pedido de informações para o Ministério da Educação (MEC) e Inep sobre o que tem ocorrido lá.

Procurados para esclarecimentos o MEC e Inep ainda não haviam se manifestado até a última atualização desta reportagem.

Lista de quem pediu exoneração nesta segunda (8)

Marcela Guimarães Côrtes, coordenadora-geral;

Natalia Fernandes Camargo, coordenadora-geral substituta;

Nathalia Bueno Póvoa, coordenadora-geral-substituta;

Vanderlei dos Reis Silva, coordenador;

Gizane Pereira da Silva, coordenadora-substituta;

Hélida Maria Alves Campos Feitosa, servidora pública federal;

Samuel Silva Souza, servidor público federal;

Camilla Leite Carnevale Freire, servidora pública federal;

Douglas Estevão Morais de Souza, coordenador-substituto;

Patricia da Silva Onório Pereira, coordenadora;

Denys Cristiano de Oliveira Machado, coordenador;

Alani Coelho de Souza Miguel, coordenadora-substituta;

Leonardo Ferreira da Silva, coordenador-substituto;

Francisco Edilson de Carvalho Silva, coordenador-geral;

Silvana Maria Lacerda Gonçalves, servidora pública federal;

Andréia Santos Gonçalves, coordenadora-geral;

Victor Rezende Teles, substituto;

Helciclever Barros da Silva Sales, coordenador;

Helio Pereira Feitosa, coordenador;

Saulo Teixeira dos Santos, servidor público federal;

Edivan Moreira Aredes, coordenador-substituto;

Rita Laís Carvalho Sena Santos, coordenadora;

Danusa Fernandes Rufino Gomes, coordenadora-substituta;

Claudia Maria Ribeiro Gonçalves Barbosa Marques, servidora pública federal;

Rosária Duarte Melo, servidor público federal;

Elysio Soares Santos Junior, coordenador-geral-substituto;

Karla Christina Ferreira Costa, servidor público federal;

Adelino Nunes de Lima, coordenador-geral-substituto;

Clediston Rodrigues Freire, servidor público federal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.