Pular para o conteúdo principal

Brasil conquista, pela primeira vez, ouro na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica

A 14ª edição da olimpíada foi realizada neste ano de forma híbrida (presencial e virtual), entre os dias 14 e 21 de novembro de 2021, sob coordenação da Colômbia. Todos os 10 representantes brasileiros foram medalhistas


Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro da história na 14ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA). Todos os dez representantes do Brasil na IOAA foram medalhistas com a conquista de mais quatro medalhas de prata e cinco de bronze. Além do Brasil, que participou da IOAA com duas equipes mistas, participaram da olimpíada outros 47 países, totalizando 70 equipes participantes. A 14ª IOAA foi realizada de forma híbrida, entre 14 e 21 de novembro, sob coordenação da Colômbia.

“A Agência Espacial Brasileira (AEB) sente-se muito orgulhosa de ver jovens valores conquistando premiações internacionais no ramo da astronomia e da astrofísica. Congratulamos estes participantes, os professores e todos os voluntários que apoiaram as diversas organizações, sejam privadas ou públicas. Enaltecemos esta importância de ter a participação mais diversa, tanto em gênero como geograficamente, com pessoas do Maranhão, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará..., e vemos que o resultado disso vem do trabalho de base feita pela OBA [Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica], com o professor Dr. João Batista Garcia Canalle, e outras olimpíadas. Portanto, ações como essa sempre despertam vocações e estimulam o aperfeiçoamento do conhecimento científico e humano”, disse o presidente da AEB, Carlos Moura.

A equipe participou de treinamentos para a competição por 3 meses, com professores e ex-participantes das olimpíadas. Os estudantes estiveram no Hotel Bliss, em Vassouras (RJ), para a realização das provas. Durante a olimpíada, eles fizeram uma prova de análise de dados, uma prova teórica e duas provas observacionais, com questões de Física Solar e de simulação do céu.

A IOAA é um evento anual para alunos do ensino médio de alto desempenho de todo o mundo. O objetivo da competição é disseminar a astronomia entre os alunos do ensino médio, para fomentar a amizade entre jovens astrônomos em nível internacional, a fim de construir cooperação no campo da astronomia, no futuro, entre os jovens estudiosos.

O Brasil participa da olimpíada desde sua primeira edição em 2007, e as equipes que representam o Brasil na IOAA são formadas por meio de um processo seletivo rigoroso organizado pela OBA e instituições parceiras, sendo uma delas o Observatório Nacional (ON).

Nesses anos de participação, contando com a edição mais atual, o Brasil conquistou 1 medalha de ouro, 16 medalhas de prata, 29 de bronze e 26 menções honrosas.

Os medalhistas deste ano foram: 

1 medalha de ouro:

Otavio Casagrande Ferrari, 17 anos, aluno do Centro Educacional Independente de Americana - Objetivo. Cidade: São Paulo (SP).

4 medalhas de prata:

André Andrade Gonçalves, 17 anos, aluno do Instituto Federal do Maranhão (IFMA). Cidade: Imperatriz (MA).

Bruno Makoto Tanabe de Lima, 17 anos, aluno do Colégio Etapa Educacional. Cidade: São Paulo (SP).

Eduardo Henrique Camargo de Toledo, 17 anos, aluno do Colégio Oficina do Estudante. Cidade: Campinas (SP).

Ian Seo Takose, 17 anos, aluno do Colégio Etapa Educacional. Cidade: São Paulo (SP).

5 medalhas de bronze:

Cauan Hideki Magalhães Kazama, 17 anos, aluno do Colégio Leonardo da Vinci. Cidade: Jundiaí (SP).

Gabriel Hemétrio de Menezes, 16 anos, aluno do Colégio Bernoulli - Unidade Santo Agostinho. Cidade: Belo Horizonte (MG).

Gabriela Martins dos Santos, 16 anos, aluna do Instituto Federal Catarinense (IFC). Cidade: Brusque (SC).

Maria Antonia Corrêa Picanço del Nero, 16 anos, aluna do Colégio Liceu Franco Brasileiro. Cidade: Rio de Janeiro (RJ).

Ualype de Andrade Uchôa, 18 anos, aluno do Colégio Farias Brito. Cidade: Fortaleza (CE).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.