Pular para o conteúdo principal

Poder Judiciário do Amazonas determina indisponibilidade dos bens de políticos envirenses

Poder Judiciário determinou no início deste mês a indisponibilidade dos bens de políticos envirenses, entre eles figuram o atual Vice-Prefeito, o Secretário de Meio Ambiente, o atual Presidente da Câmara e mais 6 vereadores acusado de suposto enriquecimento ilícito


Envira – No dia 02 de setembro, o Poder Judiciário do Amazonas determinou através de despacho da juíza substituta, Danny Rodrigues Moraes o cadastro de Ismael Dutra, Antônio Lopes, Cerlândio Torquato, Clemonds Pinheiro, Elizeu Claudio, Erotildes de Souza, Fábio França, Francisco da Costa (Dinho), Francisco de Jesus Silva (Tonty), Lindomar da Silva, Gean Gurgel, Izequiel Lourenço (Irmão Tol), James Pinheiro, Raimundinho do Aluízio, Raimundo Jorge (Irmão Jorginho), Lira Castro e Ridiner de Araújo junto à CENIB, determinando assim a indisponibilidade dos bens dos políticos acima citados.

VEJA O DESPACHO CLICANDO AQUI

Pra quem não lembra vamos refrescar a memória, o processo supracitado está relacionado as diárias concedidas a 11 vereadores, cinco ex-vereadores e ao controlador interno da Câmara Municipal de Envira, à época, que somam 7 anos e dois meses, segundo o promotor de Justiça Kleyson Nascimento Barroso. Com as passagens aéreas, os gastos dos parlamentares com viagens entre 2013 e 2019 alcançaram o montante de R$ 1.060.950,62.

A ‘farra das diárias da Câmara de Envira’ como ficou conhecida foi denunciada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas que ajuizou, em 2019, uma ação civil de improbidade administrativa contra 17 pessoas, entre elas, o então presidente da Câmara Municipal de Envira e hoje vice-prefeito de Envira, Raimundo Lira de Castro, mais conhecido como Lira Castro (PSL).

Fonte: PROJUDI

Como funcionava o esquema

De acordo com a denúncia do MP, Lira Castro criou um “inusitado sistema de rodízio para viagens desnecessárias”. Todos os meses pelo menos três vereadores viajavam à Manaus, onde passavam, no mínimo, 18 dias para fazerem “exatamente a mesma coisa”.

Entre as atividades registradas pelos parlamentares para justificar concessão das diárias estão visitas a deputados estaduais, a escritórios de advocacia e contabilidade, protocolos de requerimentos na ALE (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas) ou a órgãos governamentais do Estado.

De acordo com o promotor, essas situações “poderiam ser resolvidas com um simples telefonema ou um e-mail, até porque vivenciamos em plena era da tecnologia da informação”. E, mesmo se a viagem fosse necessária, o objetivo dela “poderia ser facilmente alcançado em 2 (dois) ou 3 (três) dias”.

Para o MP, Lira Castro é o “campeão no recebimento de dinheiro público para benefício próprio”. Ele recebeu 333 diárias ao longo de dois mandatos “incorporando ao seu patrimônio pessoal a importância de R$ 102.110,00”, ou seja, passou quase um ano fora da sede do município de Envira. Além disso, o parlamentar recebeu R$ 45.619,75 em passagens aéreas, conforme a lista abaixo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.