Pular para o conteúdo principal

Defesa Civil do Amazonas monitora municípios em decorrência da estiagem

Conforme observações do Cemoa, faixa sudoeste do estado experimentou reflexo da escassez de chuvas promovidos pelo período seco

Com o encerramento das ações da Operação Enchente 2021, as atenções estão voltadas para o acompanhamento da estiagem. No Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa), que faz parte de uma das frentes de trabalho do Subcomando de Ações de Proteção e Defesa Civil do Estado do Amazonas (Subcomadec), é realizado o monitoramento diário de variáveis que podem desencadear ocorrências nas áreas do monitoramento hidrológico e meteorológico.

Os produtos gerados por esse trabalho, em colaboração com institutos, agências e centros de monitoramento, subsidiam e amparam as ações de planejamento e tomadas de decisões que serão fornecidas aos 62 municípios do estado. Documentos como parecer técnicos, informativos, avisos e alertas são disponibilizados regularmente para as Coordenadorias/Secretarias de Defesa Civil Municipais do Estado do Amazonas, com o objetivo de otimizar a gestão de risco (prevenção, mitigação e preparação) e o gerenciamento de desastre (resposta e recuperação) para evitar potenciais situações de calamidade, e minimizar impactos sobre a população.

Conforme monitoramento meteorológico realizado pelo Cemoa,  as condições oceânicas que dominam o clima apresentam status de neutralidade no mês vigente, sendo que, no panorama atual, tem-se observado que a faixa sudoeste do estado experimentou o reflexo da escassez de chuvas promovidos pelo período de estiagem, que podem ter impactos de forma pontual, sobretudo nas áreas que compreendem as calhas do Alto e Médio Juruá, Alto Purus e Alto Solimões.

O cenário futuro indica o retorno das chuvas, tendo em vista que o período seco já se encerra no mês de setembro. No mês seguinte (outubro), já deve ocorrer a transição entre a estação seca para chuvosa, em que se espera retorno das chuvas, conforme análise dos centros de referência em tempo e clima.

Segue a atualização do monitoramento do nível do rio nas Calhas do Amazonas:

Bacia do Juruá – O nível do rio na região encontra-se em processo regular de vazante, com níveis baixos para o atual período do ano. A estação de referência, localizada em Cruzeiro do Sul, registrou na data de hoje (13/09) o nível de 3,77m (baixou 0,03m). No dia 10/09/1995, ano da menor vazante no município, registrou o nível de 2,56m (1,21m abaixo da cota atual).

A menor vazante registrada no rio Juruá, tendo como referência o município de Cruzeiro do Sul, deu-se no dia 1º/07/1995, atingindo a cota de 2,20m, faltando 1,57m para atingir a referida cota, enquadrando a região em Status de Alerta.

Bacia do Purus – O nível do rio em Rio Branco (AC) se encontra em processo de vazante, com cotas baixas para o atual período do ano, indicando vazante severa na região, com influência remota nas regiões do Alto e Médio Purus. Estação referência para a região, localizada no município de Boca do Acre, registrou na data de hoje o nível de 4,22 m (subiu 0,02m). No dia 10/09/1998, ano da menor vazante no município, registrou o nível de 4,07m (0,15m abaixo da cota atual).

A menor vazante registrada em Boca do Acre se deu no dia 07/10/1998, atingindo a cota de 2,19m. A diferença de 2,03m para se atingir a referida cota enquadra a região em Status de Alerta.

Bacia do Madeira – O rio Madeira se encontra em processo de vazante, com níveis no limite inferior à faixa de normalidade, indicando possibilidade de vazante severa na região. Estação que monitora a região no município de Humaitá registrou na data de hoje o nível de 10,86m (parado). No dia 10/09/1969, ano da menor vazante registrada no município, registrou o nível de 8,61m (2,25 m abaixo da cota atual).

A menor vazante registrada em Humaitá deu-se no dia 01/10/1969, atingindo a cota de 8,33m, faltando 2,53m para atingir a referida cota, enquadrando a região no Status de Atenção.

Bacia do Alto Solimões – Em processo natural de vazante. A estação que monitora a região no município de Tabatinga registrou na data de hoje o nível de 1,58m (subiu 0,18m). No dia 10/09/2010, ano da menor vazante no município, registrou o nível de -0,24m (1,82 m abaixo da cota atual). A menor vazante registrada em Tabatinga se deu no dia 11/10/2010, atingindo -0,86m. A diferença de 2,44m para se atingir a referida cota enquadra a região em Status de Atenção.

Status dos municípios por calhas:

Situação de Atenção

• Calha do Madeira: Humaitá, Apuí, Manicoré, Novo Aripuanã, Borba e Nova Olinda do Norte

• Calha do Alto Solimões: Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Iça e Tonantins

Situação de Alerta

• Calha do Juruá: Guajará, Ipixuna, Itamarati, Eirunepé, Envira e Carauari

• Calha do Purus: Boca do Acre, Pauini e Canutama


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.