Pular para o conteúdo principal

Congresso reuniu médicos e especialistas para debater o uso medicinal da cannabis

Evento, que já é referência no setor, reuniu mais de 10 mil participantes e 34 palestrantes renomados ao longo de 3 dias

Organizada pela plataforma médica Dr. Cannabis, a segunda edição do CNABIS - Congresso de Cannabis Medicinal reuniu mais de 10 mil participantes, entre médicos, profissionais da saúde, pacientes e interessados em debater o uso da cannabis medicinal. Gratuito e 100% online, o evento durou três dias (03 a 05 de agosto), sendo o último exclusivo para acesso a médicos e profissionais da saúde.

Foram 31 palestras e 34 profissionais que abordaram o uso medicinal da cannabis em tratamentos e patologias, estudos de caso, revisões na literatura científica, esclarecimento de fatos e fakes, além de questões regulatórias e investimentos no mercado da cannabis.

Entre as aulas de caráter técnico-científico, o neurocientista Sidarta Ribeiro debateu se o uso da cannabis pode danificar os neurônios e a neurogênese e sinaptogênese induzidas pelos canabinoides. As aplicações da cannabis no esporte, para alívio de dor crônica, ansiedade e insônia, dermatites crônicas, enxaqueca, saúde da mulher e o sistema endocanabinoide, entre outros, também foram temas ministrados durante o II CNABIS.

Assunto cada dia mais em pauta, a regulação da cannabis também teve espaço no evento, com um painel conduzido pelo Deputado Federal Alexandre Padilha e pelo consultor e ex-diretor-presidente da Anvisa Ivo Bucaresky, que apresentaram as perspectivas para a regulação no Brasil.

Cresce interesse dos médicos pelo uso do canabidiol

Pesquisa pós evento mostrou que, entre as informações mais procuradas pelos pacientes e interessados no tema sobre a aplicação da cannabis em alguma patologia em particular, 8 em cada 10 mencionam o uso para ansiedade e insônia, seguido de dores e doenças crônicas e depressão.

Entre os médicos participantes, mais de 80% responderam ser muito provável que venha a prescrever produtos à base de cannabis nos próximos 12 meses. Enquanto 64% dos pacientes indicaram ser muito provável que venham a se tratar com esses produtos no mesmo período. "Reunimos nomes experientes e qualificados da área médica e de pesquisa para levar conhecimento e combater o preconceito e a falta de informação sobre o uso da cannabis medicinal. Neste ano, realizamos uma pesquisa com os participantes do Congresso e percebemos que há interesse em utilizar e prescrever medicamentos à base do canabidiol, mas ainda há muito para ser desmistificado. A missão do CNABIS é facilitar o acesso a informações relevantes e cientificamente comprovadas", comenta Viviane Sedola, CEO e fundadora da Dr. Cannabis.

Os interessados em assistir ao II CNABIS podem adquirir o Acesso Premium, que possibilita acesso a todas as palestras por seis meses e certificados de participação com comprovação de horas.

Ainda em 2021, a plataforma Dr. Cannabis lança mais três cursos sobre o tema. O "Cannabis Medicinal do Zero", exclusivo para médicos, é voltado para a capacitação de médicos na aplicação e prescrição da terapia canabinoide. "Você no Mercado de Cannabis" é dedicado àqueles que desejam começar a empreender no mercado da cannabis. E, por fim, o "Curso Regulatório de Cannabis no Brasil", em parceria com Ivo Bucaresky, que oferece um treinamento sobre como funciona o mercado brasileiro de cannabis e quais os processos para obter licenças, registrar e regularizar o produto. Mais informações, acesse: https://cnabis.com.br/#certificado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.