Com queda de 50% no número de óbitos, prefeitura avalia retorno de eventos de grande porte em Manaus - Envira News

Ultimas

Post Ads

sábado, 7 de agosto de 2021

Com queda de 50% no número de óbitos, prefeitura avalia retorno de eventos de grande porte em Manaus

Decreto libera planejamento do Natal, Réveillon e Carnaval, mas só autoriza execução com 70% dos adultos com esquema vacinal completo

Foto: Nathalie Brasil / Semcom - Prefeitura de Manaus

Com 84% da população imunizada com a 1ª dose da vacina contra a Covid-19, queda de 50,6% no número de óbitos, de 65,2% na taxa de letalidade e de 49,3% na taxa de mortalidade, a Prefeitura de Manaus avança na retomada das atividades econômicas e, a exemplo de outras capitais brasileiras, instituiu nesta semana a Comissão Especial de Organização de Eventos Festivos para avaliar e planejar a flexibilização de medidas de restrição para eventos de grande porte.

Conforme o decreto nº 5.122/2021, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 2 de agosto, o planejamento de eventos como o aniversário da cidade, Natal, Réveillon e o Carnaval está autorizado a começar. No entanto, os mesmos só ocorrerão caso mais de 70% da população acima dos 18 anos tenha completado o esquema vacinal contra a Covid-19, com as duas doses ou a dose única do imunizante da Janssen, e desde que sejam autorizados pela Secretaria Municipal da Saúde (Semsa).

A flexibilização para realização de grandes eventos em Manaus segue o exemplo de outras capitais que também avançam na vacinação contra a Covid-19, como São Paulo (SP), que a partir de 01 de agosto aumentou a porcentagem de ocupação do público e a duração total dos eventos.

Segundo o chefe da Casa Civil de Manaus, Tadeu de Souza, há uma enorme demanda para eventos de grande porte na cidade e é de interesse da prefeitura que eles ocorram, mas somente se for considerada a segurança sanitária necessária para evitar a disseminação da Covid-19. "A liberação seguirá critérios rígidos e levará em conta os números de vacinados na capital e outros dados que refletem o estado da pandemia na cidade", pontua.

VACINAÇÃO

Foto: Nathalie Brasil / Semcom - Prefeitura de Manaus

De acordo com o Vacinômetro da Prefeitura de Manaus, plataforma que mostra continuamente os dados diários da vacinação na cidade, mais de 1,5 milhão de doses foram aplicadas no município. Mais de 84% da população vacinável recebeu a primeira dose. Já o percentual da população com esquema vacinal completo ou com a dose única da Janssen é de 26%.

O cenário de positividade, puxado pelo avanço da vacinação está diretamente ligado à queda nas taxas de óbitos, letalidade e mortalidade, como mostra levantamento da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Segundo a Fundação, entre março e julho de 2020, o total de mortes por Covid-19 foi de 2.440 na capital. No mesmo período de 2021, a doença fez 1.237 vítimas fatais, o que sinaliza uma redução de 50,6%. A taxa de mortalidade seguiu a tendência. A cada 100 mil habitantes, o índice era de 111,8 de março a julho de 2020. No mesmo período de 2021, o índice baixou 49,3% e atingiu a marca de 56,7.

A letalidade do vírus, que indica a porcentagem de pessoas infectadas que evoluem para mortes, também recuou no período de um ano. Entre março e julho de 2020, a taxa era de 6,9 a cada 100 mil pessoas. Em 2021, baixou para 2,4, o que representa redução de 65,2%. A FVS esclareceu que o registro de casos de Covid-19 no Amazonas iniciou em março de 2020.

A Prefeitura de Manaus lembra que nenhuma medida que envolva o cenário de pandemia pode ser considerada definitiva. Desta forma, qualquer autorização para a realização de eventos, objeto do decreto, pode ser revista ou cancelada, de acordo com a situação epidemiológica do município ou caso não haja o cumprimento das especificações para a realização de eventos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads