Pular para o conteúdo principal

Covid-19 afeta resultados de hospitais privados no Norte e Centro-Oeste no 1º tri

O crescimento dos casos de Covid-19 impactou os principais indicadores das instituições da Associação Nacional de Hospitais Privados localizadas no Norte e Centro-Oeste, segundo dados divulgados pela entidade no Observatório Anahp e na 6ª Nota Técnica do Observatório. Os documentos mostram que, em comparação ao primeiro trimestre do ano passado, de janeiro a março de 2021 houve aumento na taxa de ocupação, na média de permanência do paciente e nas internações em relação ao total de atendimentos no Pronto-Socorro.

No ano passado, a taxa de ocupação no Norte e Centro-Oeste foi de 67,45%, próxima à média nacional de 67,59%. Analisando as saídas hospitalares, é possível verificar que, em geral, as regiões registraram números bem abaixo da média brasileira.


Em relação à faixa etária, o Norte e Centro-Oeste tiveram mais pacientes entre 15 e 59 anos. 


Além das informações regionais destacadas, o Observatório 2021 e a 6ª Nota Técnica apresentam dados nacionais que mostram que:

Em relação à Covid-19

  • Entre os associados à Anahp, os maiores picos de ocupação de leitos exclusivos para pacientes com Covid-19, desde o início da pandemia, foram em março (alas: 89,6%, UTI: 97%), abril (alas: 71,1%, UTI: 92,9%) e maio de 2021 (alas: 71,6%, UTI: 91,6%).
  • O pico de mortalidade de pacientes com Covid-19 nos hospitais associados à Anahp ocorreu em março de 2021, quando chegou a 15,1%, superando a taxa de 14,9% de agosto de 2020, até então o pior mês desde o início da pandemia.
  • A relação entre o número de pacientes na urgência e emergência com suspeita de Covid-19 e os atendimentos totais no setor, que vinha apresentando diminuição desde dezembro de 2020, voltou a aumentar em março de 2021. Esse último resultado (25%) foi o maior observado desde os meses de julho (20,2%), novembro (22,1%) e dezembro (21,8%) de 2020, que registraram taxas acima de 20% no período analisado.
  • O índice de pacientes com suspeita de Covid-19 atendidos no pronto-socorro (PS), que tiveram o diagnóstico positivo confirmado para a doença, apresentou pequena redução em janeiro de 2021 (33,1%), em comparação a dezembro de 2020 (37,8%). Em março de 2021, entretanto, a incidência de Covid-19 registrou a maior taxa observada desde o início da pandemia no Brasil: 45,3%.

Em relação à empregabilidade

  • Com o súbito aumento no número de casos no Brasil, a demanda por profissionais de saúde cresceu exponencialmente. Em 2020, foram gerados 111 mil novos empregos formais no setor de saúde, mais da metade (78 mil) para as atividades de atendimento hospitalar.
  • Junto com às novas contratações, cresceu também o absenteísmo. O contágio de profissionais da saúde e o esgotamento (burnout) são fatores que explicam o forte aumento na taxa, que saiu de 2,16% em 2019 para 3,56% em 2020. Já em relação a este ano, o absenteísmo (menor ou igual a 15 dias) também apresentou aumento na comparação com o primeiro trimestre de 2020 (2,4%) e 2021 (3,4%).

Em relação aos negócios

  • As novas contratações, somadas a outros aumentos de despesas e à queda da receita dos hospitais privados devido à mudança no perfil do paciente, fizeram com que, no acumulado de 2020, a margem EBITDA ficasse em 8,04%. O valor representa uma queda significativa de 4,36 pontos percentuais, quando comparado ao mesmo período de 2019, e uma redução ainda maior quando comparado ao resultado de 2018 e 2016.
  • Já o primeiro trimestre de 2021 trouxe números melhores, com EBITDA de 13,3% - um crescimento de 4,9 pontos percentuais em comparação ao mesmo período do ano passado (8,4%).
  • Além do impacto do cancelamento de cirurgias eletivas, o custo de materiais e medicamentos também foi um grande desafio encontrado pelos hospitais, devido à alta dos preços, em função da escassez e da alta procura durante a pandemia. Em 2020, essa despesa, em relação às demais, ficou em 11,48%, enquanto em 2019 foi 10,63%.

Para obter os documentos completos, acesse:

6ª Nota Técnica do Observatório: https://conteudo.anahp.com.br/nt-observatorio-anahp-6a-edicao-maio-2021

Observatório 2021: https://conteudo.anahp.com.br/observatorio-2021

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.