Bolsonaro ameaça editar decreto para garantir direito de ir e vir e avisa: 'não ouse contestar' - Envira News

Ultimas

Post Ads

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Bolsonaro ameaça editar decreto para garantir direito de ir e vir e avisa: 'não ouse contestar'

Bolsonaro sobe o tom e a faceta do autoritarismo se escancara

Em um discurso repleto de recados indiretos ao Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que estuda editar um decreto para estabelecer o direito de ir e vir, entre outros direitos. 

Bolsonaro não confirmou se irá editar ou não o decreto, mas disse que, se ele for publicado, "não será contestado por nenhum tribunal".

"Peço a Deus que não tenha que baixar esse decreto. Mas, se baixar, ele será cumprido", disse Bolsonaro, acrescentando depois: "E não será contestado esse decreto. Não ouse contestar, quem quer que seja. Sei que o Legislativo não contestará."

Bolsonaro disse que a medida garantiria o direito de ir e vir, de liberdade de cultos e de trabalhar:

"Queremos a liberdade de cultos, queremos a liberdade para poder trabalhar, queremos o nosso direito de ir e vir. Ninguém pode contestar isso".

O presidente também citou, indiretamente, que possui apoio dos militares, assim como da população. Para exemplificar, Bolsonaro relembrou os atos promovidos no dia 1º de Maio favoráveis ao seu governo, registrados em algumas capitais.

"Os militares quando sentam praça juram dar a vida pela pátria. Os que estiveram às ruas neste último 1º de Maio, bem como muitos outros milhões que não puderam ir às ruas, tenho certeza, darão sua vida por liberdade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads