Pular para o conteúdo principal

Assessor culpa Jair Bolsonaro e deputado em gravação antes de morrer por Covid-19

Assessor que morreu por conta da covid-19 deixa áudio e culpa deputado bolsonarista e o próprio Jair Bolsonaro por milhares de mortes

Três dias após a morte do assessor parlamentar José Roberto Feltrin, um áudio começou a circular pelas redes sociais, onde o mesmo acusa o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e deputado federal José Medeiros (PODE) como responsáveis pelas mortes por covid-19 no Brasil.  

O áudio divulgado foi feito por Feltrin dias antes de morrer vítima do novo coronavírus. Ele pediu para que fosse divulgado caso não resistisse ao vírus, como de fato ocorreu na última terça-feira (18), quando veio a falecer. Chorando, Feltrin diz que está muito mal e chama Bolsonaro de "capitão bunda suja", o acusando de não ter comprado vacina para "nós".  

“É como se um filme tivesse passando na minha cabeça agora. Esse tal Medeiros também é responsável por tudo que está acontecendo com o povo brasileiro, esse maldito. Esse cara vem apoiando esse governo genocida, que vem sabotando a vacina desde o início. Já era para ter vacina para nós,  para pessoas da minha idade e não tem. Parece que esse retardado faz o que quer”, disse José Roberto.  

O áudio foi enviado ao ex-assessor parlamentar Carlos Naves, que também trabalhava para Medeiros junto com Feltrin. Ao, Naves explicou que quando recebeu o áudio, ligou imediatamente para Feltrin, que pediu para que ele divulgasse caso morresse.  

"Eu fiquei vários dias com esse áudio, porque ele é muito forte. O filho dele me procurou porque ele havia pedido isso. E quando mostrei, ele concordou em divulgar", disse Naves.  

"O Feltrin era um cara muito inteligente. Ele já não estava concordando com a postura do Medeiros, mas ficou quieto e em silêncio, foi proibido de comentar as coisas no Facebook. E morreu assim, abandonado", completa.  

OUÇA NA ÍNTEGRA O ÁUDIO

Naves ainda disse que a divulgação do áudio não tem nada a ver com o fato de ter sido demitido por Medeiros. "Eu fiz isso porque ele me pediu, apenas isso. O meu problema com o Medeiros está resolvido", pontuou.  


O áudio de José Roberto Feltrin tem viralizado nas redes sociais e gerado polêmico. Isso porque José Medeiros é um dos vice-líderes do governo Bolsonaro na Câmara Federal, e considerado mais fiel bolsonarista de Mato Grosso.  Recentemente Bolsonaro disse em vídeo que apoiará Medeiros para a disputa ao Senado no ano que vem em Mato Grosso.  

Em resposta, por meio de nota, a assessoria do deputado disse lamentar que a morte de Feltrin esteja sendo usada politicamente.  

"O deputado federal José Medeiros lamenta que o falecimento do seu assessor, José Roberto Feltrin, esteja sendo usado politicamente de forma desrespeitosa e leviana. 

'A veracidade do áudio é questionada, mas infelizmente o Feltrin não está mais aqui para esclarecer a situação. Nesse momento de dor, esperamos mais empatia e respeito para com a família e amigos'.   

Por fim, o deputado destaca sua atuação no combate à pandemia e aos seus efeitos. Além do seu apoio às medidas que foram implementadas pelo Governo Federal. Entre elas, o auxílio emergencial e o envio de imunizantes e vultosos recursos financeiros para os governos estaduais e municipais".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.