Pular para o conteúdo principal

Médicos cirurgiões pensam em se aposentar mais cedo devido ao desgaste físico da profissão

Pesquisa encomendada pela CMR Surgical mostra que cirurgiões sentem frequentemente dores nas costas, pescoço, ombros e mão

Equipe do Frimley Health NHS Foundation Trust, no Reio Unido, utilizando o robô cirúrgico Versius que permite melhor ergonomia para médicos cirurgiões

As posições muitas vezes desconfortáveis dos médicos cirurgiões para exercerem seu ofício é um problema de ergonomia que acomete profissionais de todo o mundo. Uma pesquisa encomendada pela CMR Surgical, empresa global que desenvolveu o novo robô cirúrgico Versius®, ouviu 462 cirurgiões sobre o impacto físico da atividade desses profissionais. Mais de 70% dos médicos entrevistados disseram que sentem dores musculares ou nas costas durante, ou como resultado, da realização das cirurgias e, mais de 34% consideram a possibilidade de se aposentar mais cedo.

Conduzido pela Bryter, empresa de pesquisa de mercado, o estudo contemplou 462 médicos cirurgiões (152 no Reino Unido, 158 nos Estados Unidos e 152 na Alemanha) que realizam cirurgias ginecológicas, colorretais ou de hérnia. Entre os médicos que afirmaram sentir dores, quase 50% disseram que os motivos são as posições e movimentos desajeitados exigidos pelos procedimentos cirúrgicos ou a necessidade de ficar em pé durante um período prolongado.

Alguns entrevistados disseram que, frequentemente, precisam "torcer" o corpo em posições incômodas, particularmente durante a cirurgia laparoscópica, permanecendo dessa forma durante muito tempo.

Um fato que chamou a atenção é que 39% dos cirurgiões no Reino Unido, 36% nos Estados Unidos e 26% na Alemanha consideram provável ou muito provável que precisem se aposentar mais cedo devido ao impacto físico da profissão na sua própria saúde. Além disso, 1 em cada 10 cirurgiões afirmaram sentir dores na mão devido ao seu uso excessivo durante as cirurgias. Dor e inflamação nas articulações, dores no pescoço e ombros também foram problemas citados como frequentes.

"Sabemos que movimentos repetitivos e posições desconfortáveis durante os procedimentos cirúrgicos impactam de forma significativa na qualidade de vida dos médicos cirurgiões. É alarmante saber que esses profissionais estão considerando a aposentadoria antecipada devido ao impacto físico do seu ofício", comenta Marcio Coelho, Head of Operations LATAM da CMR Surgical.

Cirurgia robótica: melhor ergonomia

A cirurgia roboticamente assistida tem se mostrado uma importante aliada para questões de ergonomia relacionadas aos médicos cirurgiões. O robô cirúrgico Versius® possibilita que o médico cirurgião trabalhe de forma mais confortável e com menor desgaste físico, já que o profissional pode variar entre operar sentado ou em pé, podendo mudar de posição facilmente durante um mesmo procedimento cirúrgico, o que reduz o desgaste de se manter na mesma posição por horas.

Além disso, a tecnologia garante maior precisão na cirurgia com visualização por meio da visão 3D HD. Outra vantagem é que o robô cirúrgico Versius® reduz a curva de aprendizagem para os cirurgiões interessados em realizar a cirurgia minimamente invasiva quando comparado com a cirurgia laparoscópica manual. Isso porque a tecnologia proporciona um treinamento mais simples e rápido com o fácil manuseio do equipamento, sem a necessidade de realizar o movimento reverso para conduzir a cirurgia.

Outros benefícios associados à cirurgia roboticamente assistida são redução do risco de infecções nos pacientes, melhores resultados clínicos e menor tempo de permanência hospitalar, menos complicações e reinternações. Os instrumentos de apenas 5mm contribuem para o menor trauma cirúrgico em comparação com os instrumentos tradicionais robóticos e laparoscópicos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.