Pular para o conteúdo principal

Estado do Amazonas trabalha para ampliar capacidade de produção de oxigênio no interior

Foto: Herick Pereira/Secom

Dar autonomia na geração do gás medicinal às unidades de saúde do interior, onde o desafio logístico de transporte de Manaus para os municípios é maior, é a meta do Governo do Amazonas. Pensando em aumentar a autonomia dos hospitais com relação a esse insumo, principalmente nos municípios, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) concentra esforços agora para adquirir mais 29 usinas.

Da capacidade total de produção de oxigênio por usinas no estado, que hoje chega a 16.344 metros cúbicos (m³), 10.176 m³ podem ser gerados nas usinas já instaladas em unidades de saúde do interior do Amazonas.

Aquisição de usinas

Três usinas novas foram adquiridas na semana passada, com os recursos empenhados, e a entrega dos equipamentos pelos fornecedores está sendo aguardada. Duas usinas têm capacidade de 13m³/hora e uma tem capacidade de 17m³/hora.

No dia 25 de março, o Centro de Serviços Compartilhados (CSC-AM) realizou um pregão para aquisição de mais nove usinas para o interior.

Por divergências entre o valor cobrado pelas empresas interessadas no negócio e o orçado pela SES-AM, não houve vencedor. A secretaria segue buscando novos interessados em vender os equipamentos para o Estado.

Produção de oxigênio

A produção autônoma de oxigênio no interior tem sido um diferencial que permitiu o Amazonas superar a crise de desabastecimento de oxigênio vivida em janeiro, ressalta o secretário de Saúde, Marcellus Campêlo.

“As usinas foram instaladas no interior com o objetivo de dar autossuficiência a esses municípios”, lembra o secretário. 

Onde há usinas

No interior, há 25 usinas em operação em 20 municípios: Alvarães, Apuí, Autazes, Barcelos, Carauari, Careiro, Coari, Eirunepé, Humaitá, Itacoatiara (3 usinas) e Lábrea. Também tem usinas Manacapuru, Maués (2), Nova Olinda do Norte, Parintins (3), Santo Antônio do Içá, Tabatinga, Tapauá, Tefé e Urucará.

Em Manaus, há 13 usinas em operação. Na rede estadual, estão no Hospital Geraldo da Rocha, Fundação Cecon, Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Hospital Delphina Aziz (2 usinas), Hospital Francisca Mendes, Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, Instituto da Criança do Amazonas (Icam) e Maternidade Azilda Marreiro.

Na rede privada, na capital, contam com usinas o Hospital Beneficente Português e Hospital Adventista (2).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.