Pular para o conteúdo principal

Empreendedorismo em comunidades indígenas: Samsung amplia parceria com a FAS para desenvolver startups na Amazônia

Coordenado pela Fundação Amazônia Sustentável, projeto Tarrafa apoiará o desenvolvimento de produtos e oferecerá cursos a quem mora no entorno de quatro comunidades locais

O programa irá atender 50 jovens e adultos, com idades entre 18 e 55 anos, de comunidades ribeirinhas e indígenas no Amazonas. Crédito: Divulgação/FAS

Amazonas - Os moradores de quatro comunidades indígenas e ribeirinhas no Amazonas passam a contar com incentivo para desenvolver cultura empreendedora e até startups. Em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável, a Samsung lança o programa Tarrafa - Educação Voltada ao Empreendedorismo, que ocorrerá ao longo de 2021 com atuação local de gestores para estimular o aprendizado sobre negócios, desde a criação até a gestão de projetos com vocação regional e adaptado para oferecer soluções às demandas regionais.

O programa tem como base a educação empreendedora e tecnológica, repassando conteúdos sobre áreas como economia circular, negócios de impacto social e modelos de empreendimento inovadores e sustentável buscando apoiar o desenvolvimento de protótipos de produtos e serviços. A expectativa é de que sejam beneficiados cerca de 50 jovens e adultos, com idades entre 18 e 55 anos. Ao todo, o potencial é de impactar diretamente 200 pessoas, diante da possibilidade de evolução na situação econômica de cada uma das famílias envolvidas.

Para detectar esse potencial, a primeira etapa do programa será realizada por consultores nas comunidades do entorno dos Núcleos de Conservação e Sustentabilidade Agnello Bittencourt, Assy Manana, Márcio Ayres e Professora Bertha Becker, gerando engajamento local para encontrar jovens com habilidades para gestão de negócios, apresentação de produtos e serviços, relacionamento com clientes e comercialização.

"Tarrafa é o nome dado a uma rede de pesca local que aglomera peixes. O conceito do programa é exatamente mapear, unir e refinar ideias potenciais em cada um dos Núcleos de Conservação e Sustentabilidade, oferecendo conteúdo para que se inicie uma jornada empreendedora completa, até que se formem startups bem-estruturadas. É mais um movimento da Samsung para agir diretamente no sucesso de futuras gerações, como indica a nossa visão global de Responsabilidade Social: ‘Together for Tomorrow! Enabling People’", afirma Isabel Costa, Gerente de Cidadania Corporativa da Samsung Brasil.

"Acreditamos numa educação que faça sentido para os jovens, por isso idealizamos o Tarrafa, que agora se torna realidade. Por meio desse projeto, buscamos incentivar o potencial desses jovens na busca de soluções para seus problemas locais, superando desafios e sendo agentes de mudança, construindo e compartilhando conhecimentos, desenvolvendo a criatividade, o espírito empreendedor e transformando sua realidade", diz Anderson Mattos, Gerente do Programa de Educação para a Sustentabilidade da FAS.

O Tarrafa é mais um projeto de uma longa parceria da Samsung com a FAS. Em 2010, a empresa começou sua trajetória de iniciativas de responsabilidade social corporativa no Brasil exatamente ao apoiar o Programa de Educação para a Sustentabilidade da fundação, construindo a Escola Estadual Samsung Amazonas dentro da comunidade indígena Três Unidos, em Manaus.

Desde então, são desenvolvidas diversas ações voltadas para fortalecer e melhorar a educação local e estimular o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental, atingindo cerca de 700 crianças e adolescentes ribeirinhos e indígenas. Entre os projetos, destacam-se o Repórteres da Floresta, que ensina jovens a usar e produzir material de mídia, o Intercâmbio de Saberes, no qual estudantes e professores de unidades de conservação trocam experiências em idas até Manaus, e as Práticas Agroecológicas, que reúne saberes tradicionais e técnico-científicos da agricultura sustentável, com foco no cultivo de alimentos que servem às escolas e comunidades indígenas e ribeirinhas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.