O discurso irresponsável de Bolsonaro potencializou as mortes por Covid-19 - Envira News

Ultimas

Post Ads

sábado, 6 de março de 2021

O discurso irresponsável de Bolsonaro potencializou as mortes por Covid-19

Os recordes consecutivos de mortes diárias no país, o colapso dos sistemas de saúde e o pouco caso do presidente com as vítimas.


De 4 de Março de 2020 ao 4 de Março de 2021, pouco mudou. Em 2020 Bolsonaro fez piada. Hoje já enterramos 250 mil mortos e ele continua fazendo piadas.

Era esperado que o presidente comentasse o avanço tímido do PIB (Produto Interno Bruto), de 1,1%, e se posicionasse sobre o coronavírus, que à época tinha quatro casos confirmados no Brasil

Mas, em seu lugar, quem desceu de um carro oficial para responder os jornalistas foi o humorista Márvio Lúcio, conhecido como Carioca, caracterizado como Bolsonaro, posando para fotos com apoiadores do presidente.

O humorista distribuiu bananas aos jornalistas que estavam no local, em alusão a outras coletivas nas quais Bolsonaro se irritou com a imprensa e mostrou uma "banana" — movimento de ofensa com os braços.

Embora o comportamento de Bolsonaro não tenha mudado — ao menos não em relação a pandemia —, um ano depois depois da "brincadeira cruel" a situação do país piorou e o Brasil vive o pior momento no enfrentamento da crise de #Covid19.

São mais de 10,6 milhões de casos confirmados e mais de 257 mil mortes. Para se ter ideia, nessa terça-feira (2), o país teve o dia mais mortal em toda pandemia: 1.726 registros de mortes pela #Covid19 em 24 horas.

Os recordes consecutivos de mortes diárias no país, o colapso dos sistemas de saúde e o pouco caso do presidente com as vítimas. No pior momento da pandemia, Brasil registra unidades de saúde fechando as portas por falta de capacidade de atender novos pacientes e ambulâncias sendo adaptadas como leitos e o presidente reclamando das medidas de restrição e caçoando da dor de quem perdeu seus entes queridos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads