Pular para o conteúdo principal

Jovem do interior do Ceará é aprovada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

Estudante é medalhista na Olimpíada Brasileira de Matemática, já representou o país na Olimpíada Europeia de Matemática para Garotas e concorreu com mais de 33 mil candidatos para conquistar sua vaga no MIT

Jamile Falcão, de 18 anos, nasceu e viveu boa parte de sua vida no município de Pacajus, interior do Ceará. Desde jovem, demonstrou talento e paixão pelas Ciências Exatas, principalmente a Matemática. Sonhando com um futuro mais amplo, decidiu, ainda aos 12 anos, que era hora de focar nos seus objetivos: mudou-se para a capital, Fortaleza, onde morava com as irmãs mais velhas, e lá passou a se preparar para olimpíadas científicas de conhecimento. A meta era uma: obter uma educação de excelência que a permitisse conquistar vagas nas mais reconhecidas Instituições de Ensino Superior. Do Brasil e do mundo.

Seis anos depois e com o apoio do Colégio Farias Brito, que acolheu a jovem e a preparou desde sua mudança para Fortaleza, Jamile conquistou todos os objetivos traçados. A jovem acaba de ser aprovada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), dos Estados Unidos - uma das mais prestigiadas instituições de tecnologia e pesquisa científica do mundo, num ano em que o número de inscritos é sem precedentes, com 66% de aumento em relação ao ano anterior. A aprovação coroa uma série de conquistas de Jamile, que, desde sua acertada mudança de cidade, destacou-se por seu esforço, seu talento e sua dedicação aos estudos.

No 7º Ano, como aluna do Colégio Farias Brito, conquistou na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) a medalha de bronze. No ano seguinte, foi novamente medalhista na OBM - dessa vez com ouro. Enquanto ainda cursava o 9º Ano, foi convidada a representar o Brasil na Olimpíada Europeia de Matemática para Garotas, que ocorreu na Suíça. A partir daí, o mundo ficou pequeno para a jovem estudante.

"Antes de participar da OBM, eu pensava que meu futuro estava restrito à minha cidade ou ao meu Estado. No entanto, após ganhar medalha de bronze na competição no 7º Ano e conhecer jovens de outros lugares do Brasil na cerimônia de premiação, percebi que poderia sonhar mais alto", afirma Jamile.

A estudante conta como participar de uma competição internacional também foi determinante para não só decidir se candidatar a vagas em Instituições de Ensino no exterior, mas também acreditar em sua capacidade de conseguir o que queria: "Essa experiência expandiu completamente minha visão de mundo, pois antes disso eu sequer havia imaginado a possibilidade de representar o meu país em uma competição internacional ou de estudar no exterior. É por conta de tais insights que costumo dizer que olimpíadas são muito mais do que medalhas, mas também facilitadoras de experiências que podem transformar completamente a forma que um jovem encara seu futuro", explica.

O processo de candidatura para universidades estrangeiras se distingue do processo para as brasileiras. Entre os diferenciais, está o fato de não considerarem apenas as notas das provas, mas também atividades que os alunos realizam fora da sala de aula. Contaram a favor de Jamile desde hobbies, como fazer yoga, às experiências dela ao dar aulas de Matemática para colegas e jovens que necessitassem de reforço, além de participar como voluntária em projetos sociais de democratização das olimpíadas - tudo feito com apoio e parceria do Colégio Farias Brito.

"Sempre buscamos reconhecer quais são os potenciais de nossos alunos, exatamente para garantir a eles todas as ferramentas necessárias para realizar seus sonhos. Ao notarmos a aptidão da Jamile para a Matemática, prepará-la para as olimpíadas foi um passo natural, pois era como Jamile poderia começar a trilhar seu caminho. Ficamos muito orgulhosos de ver que sua dedicação e seu empenho em aproveitar todas as oportunidades oferecidas deram os frutos esperados e além da expectativa. Temos certeza de que ela terá uma carreira brilhante no MIT", comemora o professor Marcelo Pena, Diretor de Ensino da Organização Educacional Farias Brito.


Jamile deve partir ainda no primeiro semestre para os Estados Unidos. Lá continuará trilhando um caminho de sonhos na área da Matemática e da pesquisa em Ciências Exatas. O limite? Não existe. De Pacajus, Jamile agora se prepara para conquistar o mundo - como ela merece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.