Envira em colapso por conta de ingerência do prefeito e do desrespeito dos cidadãos - Envira News

Ultimas

Post Ads

segunda-feira, 29 de março de 2021

Envira em colapso por conta de ingerência do prefeito e do desrespeito dos cidadãos


Envira - Mais um óbito foi contabilizado nesta segunda-feira (29), a doença vem se alastrando no município rapidamente. Os dados do boletim municipal constam com mais 20 novos casos, são 296 pessoas circulando na cidade, com exceção dos que se encontram internados. Envira conta com 13 pessoas internadas, um transferido e com a morte de hoje, soma-se 5 óbitos. Tivemos três óbitos em menos de uma semana. 

Na última sexta-feira (26) o diretor do Hospital Municipal Evaristo Rates encaminhou um ofício ao secretário Rômulo Mattos informando o que já era esperado, que o vírus que circula nesse momento em nossa cidade é mais agressivo em sua forma de contágio, sugerindo ao mesmo que as autoridades municipais tomassem medidas mais sérias no controle da infecção.

De acordo com o documento a Unidade Hospitalar encontra-se em estado emergencial, os leitos destinados a Covid-19 estão todos ocupados e a tendência no aumento de casos gira em torno de 160%. Consta no documento também a informação de que 02 médicos do quadro de profissional estão acometidos com a doença e seus afastamentos irão dificultar ainda mais o atendimento dos pacientes que chegam aos montes na UH. Além do próprio medo e o cansaço dos demais profissionais que estão atuando diretamente com pacientes contaminados, os esforços dos mesmos são mínimos diante do absurdo aumento dos casos. O diretor do hospital alertou sobre a necessidade urgente de recarregar as 47 balas de oxigênio que se encontravam na UH para evitar mais mortes.

O que se sabe é que o Hospital Municipal Evaristo Rates encontra-se completamente lotado de pessoas com sintomas da Covid-19, que há pessoas alocadas em todos os lugares da UH. Os cidadãos que outrora curtiam em suas festas clandestinas, os rolezinhos, fluxos e aglomerações estão assustados com o som medonho das ambulâncias varando a madrugada. 

Sobre o ofício entramos em contato com o Secretário de Saúde, Rômulo Mattos e ele nos informou que a Gestão Municipal tem um Plano de Contingência, nos repassou os contatos para denúncia em casos de descumprimento do decreto. Além de estarem organizando a chegada de uma UTI aérea para transportar um paciente em situação grave. Envira recebeu nesse fim de semana mais 1485 novas doses de vacina contra o coronavírus, além de oxigênio, essas ações realizadas pela gestão municipal em conjunto com o Governo do Estado do Amazonas e também da FAB. 

Os erros que nos levaram até aqui


E o que mais nos deixa intrigado foi a ida de uma comitiva de 20 pessoas ligadas a gestão municipal, dentre eles vereadores, para a inauguração de uma praça em Eirunepé-AM, um evento que nem deveria está acontecendo no meio de uma Pandemia. Logo no momento mais duro que Envira enfrenta: de hospitais lotados, aumentos de casos e de mortes também.

A nova gestão cancelou a prorrogação do seletivo do combate a covid-19, não deram continuidade ao serviço com as barreiras sanitárias, não fazem uma fiscalização rigorosa e agora temos os números assombrosos para contar. A consequência de várias decisões erradas que foram tomadas no afã de destituir opositores políticos e assegurar o espaço de seus cabos eleitorais.

É claro e evidente que a parcela de culpa, ainda maior, é da população que insiste em não respeitar as normas sanitárias, fizeram festas o ano inteiro em suas casas, em colônias, aglomerados em postos e conveniências, se divertindo nas quadras esportivas, praças, nas rodas de conversa, nas beiras das calçadas ou simplesmente indo ao mercado, ao pagar uma conta no banco sem usar a máscara. São essas pequenas ações do cotidiano que fazem o vírus circular, que fazem a onda acontecer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads