Anvisa aprova uso emergencial da vacina da Janssen contra Covid-19 - Envira News

Ultimas

Post Ads

quarta-feira, 31 de março de 2021

Anvisa aprova uso emergencial da vacina da Janssen contra Covid-19

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou por unanimidade o uso emergencial da vacina da Janssen. O imunizante só precisa de uma dose para fazer efeito. O ministério da Saúde já comprou 38 milhões de doses dessa vacina.

Brasília - Nesta terça (30), a Anvisa concedeu uma certificação de boas práticas de fabricação à Janssen. O laboratório que produz a Covaxin teve a certificação negada. Após reunião para analisar o pedido sobre o uso emergencial da vacina da Janssen, haja vista que o Ministério da Saúde anunciou ainda neste mês a compra de 38 milhões de doses da farmacêutica. 

Brasil bate novo recorde em mortes por Covid-19

Em ano de olímpiadas os recordes que temos batido não são os que esperamos. Infelizmente a cada novo dia, o Brasil tem novo recorde, nesta terça-feira (30) foram de 3.780 mortes em 24 horas, so números são do Conass - Conselho Nacional de Secretários de Saúde.

Considerando que em números relativos, somos apenas 2,7% da população mundial, mas hoje registramos mais de 35% das mortes por COVID no mundo. O número de brasileiros até o momento são 16,9 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina no país.

Brasil inteiro em alerta

Os estados de Roraima e Amazonas são únicas Unidade Federativas fora do alerta crítico para UTI, no momento, aponta Fiocruz. Os demais estados têm taxas de ocupação de leitos de Covid-19 para adultos acima dos 80%

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) alerta para o quadro geral de saúde extremamente crítico no Brasil. Segundo o último boletim do observatório Covid-19, que monitora a situação da pandemia no país, só Roraima e Amazonas aparecem na zona de alerta intermediário de leitos de UTI Covid-19 para adultos - AM com 76%, e RR com 62%, segundo dados de 29 de março.

Os outros estados e o Distrito Federal permanecem na zona de alerta crítico, com taxas de ocupação superiores a 80%. A situação de São Paulo serve como um alarme do quanto a crise atual afeta o sistema de saúde e o quadro sanitário do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads