A Air Liquide Brasil está intensificando as iniciativas para apoiar o esforço de combate à pandemia no interior do Amazonas - Envira News

Ultimas

Post Ads

segunda-feira, 8 de março de 2021

A Air Liquide Brasil está intensificando as iniciativas para apoiar o esforço de combate à pandemia no interior do Amazonas

Em uma ação coordenada com a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), a iniciativa visa contribuir para o alívio dos hospitais da capital, Manaus, permitindo que diferentes cidades do Estado tratem os pacientes da Covid-19 localmente.


A Air Liquide Brasil, líder mundial em gases, tecnologias e serviços para a indústria e saúde, anuncia a doação de 40 concentradores de oxigênio para hospitais e comunidades no interior do Estado do Amazonas, em uma iniciativa realizada em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), por meio da ação Aliança Covid. Os concentradores de oxigênio filtram o oxigênio do ar ao redor e fornecem um fluxo direto e contínuo de oxigênio aos pacientes em tratamento da Covid em suas próprias cidades, evitando o deslocamento para a capital, Manaus, e a consequente sobrecarga do sistema hospitalar local.

Cada um dos concentradores de oxigênio doados pela Air Liquide Brasil pode atender, mensalmente, até 5 pacientes (dependendo do quadro clínico), totalizando uma média de 200 pacientes atendidos todos os meses. Os concentradores de oxigênio podem ser utilizados como alternativa em áreas geográficas onde o oxigênio médico não é produzido e está prontamente disponível localmente. Os equipamentos foram enviados às cidades de: Eirunepé, Carauari, Maraã, Itapiranga, Barreirinha, São Sebastião, Beruri, Alvarães e Apuí, totalizando 16 unidades. Outros 9 concentradores foram direcionados ao Distrito Sanitário Especial Indígena de Parintins; e 15 equipamentos, à Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas - Interior, que também foi responsável pela distribuição destes dispositivos.

A iniciativa da Air Liquide Brasil de doar os concentradores de oxigênio se soma a outras ações adotadas pela empresa para enfrentar a pandemia. No Amazonas especificamente, a Air Liquide enviou 16 frotas com cerca de 280 mil metros cúbicos de oxigênio médico para atender as regiões e comunidades mais isoladas nas quais não havia produção local de oxigênio e têm mais 8 frotas em deslocamento, que deverão começar a chegar em Manaus (AM) esta semana. Os esforços coordenados pela Air Liquide incluíram o transporte de oito trailers de oxigênio líquido a granel via terrestre e ferry que partiram das instalações de produção da empresa nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Maranhão.

Durante toda a pandemia da COVID-19, a Air Liquide continuou a fornecer os serviços essenciais e o apoio necessário para combater a pandemia, incluindo o fornecimento de oxigênio para hospitais de campanha construídos em todo o país, doando mais de 3.000 máscaras e 12 concentradores de oxigênio para comunidades indígenas no Rio Grande do Norte e antecipando o lançamento de soluções como o ventilador mecânico EO-150, desenvolvido para auxiliar pacientes com terapia respiratória de média complexidade, aumentando a disponibilidade de leitos para pacientes com condições clínicas mais severas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Ads