Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2020

Você já se perguntou por onde anda uma das ambulâncias de Envira?

Um dos veículos mais importantes do município encontra-se abandonado, assim como ele muitos outros definham num "matadouro veicular". A falta de estacionamento digno para os veículos públicos, somada a falta de manutenção regular esvaem-se o dinheiro do contribuinte, que paga seus impostos e maumente vê esse investimento retornar como serviço. Além da situação de completo abandono da ambulância em plena pandemia, as ruas de Envira encontram-se intrafegáveis. Grávidas e idosos tendo que enfrentar a lama e o descaso para serem atendidas na Unidade Hospitalar. O que nos deixa mais abismados é que ainda no governo Melo (2014), foi anunciado pelo então governador investimentos na área de infraestrutura: "Vamos sair dos atuais R$ 23 milhões para R$ 38 milhões de investimentos em Envira". Depois desse anúncio, Envira vem recebendo recursos do governo do estado para as áreas de infraestrutura que incluem a recuperação de ruas,

Envira se torna símbolo da malandragem política

Envira é um município do Amazonas considerado muito pobre. No IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), aparece em 52° lugar, ou seja, está entre os dez piores municípios do Estado em IDH. Tem uma população de 19 mil habitantes e uma classe política das mais velhacas. O episódio narrado em uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito municipal, o vice-prefeito e seis vereadores, pelo Ministério Público Estadual que atua naquele distante município, é surreal, para dizer o mínimo. Em 2015, em plena crise econômica, a classe política Brasil afora quis fazer uma média com o eleitorado e passou a baixar os salários dos gestores. Naquela ocasião, o prefeito de Envira ganhava R$ 13 mil; o vice-prefeito, R$ 10 mil; e os secretários municipais, R$ 3,1 mil. Com uma lei aprovada na Câmara Municipal, os salários passaram a R$ 9,1 mil (prefeito), R$ 7 mil (vice-prefeito) e R$ 2,24 mil (secretários). No fim do ano de 2016, o prefeito enviou um projeto de l

Prefeituras do Amazonas ainda têm oportunidade de comprar ônibus escolares pelo programa Caminho da Escola

Com volta às aulas presenciais, projeto de transporte de alunos ajudará a evitar a evasão escolar Com a volta às aulas presenciais ocorrendo em diversas regiões do país, o retorno dos alunos se tornou uma preocupação ainda maior para os pais e gestores públicos, que buscam soluções para que seja efetivo e evite a evasão escolar. Um projeto que pode ter um papel fundamental nessa retomada é o programa Caminho da Escola. As prefeituras ainda têm chance de comprar, este ano, ônibus escolares com financiamento do Governo Federal e benefícios fiscais, para beneficiar estudantes em áreas urbanas e rurais de todo o país. A ação financiada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Governo Federal, tem como objetivo renovar, padronizar e ampliar a frota de veículos escolares das redes municipal, estadual e de educação pública básica, contribuindo com o desafio de minimizar os índices de evasão escolar. De acordo com um levantamento realizado órgão, a cada mil alunos, cinco d

Comitê esclarece número de óbitos em Envira

O comitê de Combate ao Covid-19 em envira encaminhou ao nosso portal uma nota de esclarecimento sobre os três óbitos que vinham sendo divulgados nos boletins publicados, logo após o falecimento do Sr. Luiz Crente. Segue a nota: Havíamos notificado no sistema o teste positivo do saudoso Luiz Oliveira como de todos que testam positivo, como houve o resgate aéreo havendo infelizmente o óbito, a FVS/AM notificou o óbito no sistema e com a orientação de órgão superior tínhamos que seguir, após averiguação e confirmação de que a causa mortis não foi Covid-19 mesmo testando positivo, a FVS/AM retificou hoje o sistema e retirou o óbito.  Diariamente no jornal Nacional na apresentação do mapa do Covid o Estado do Amazonas surge com aumento de caso de óbitos ou diminuição de acordo com outros exames laboratoriais que FVS/AM realiza para dá maior transparência nas informações.   Por fim o município precisa seguir os protocolos a nível estadual, haja vista quando a oco

Governo do Amazonas avança com obras em Envira: sistema viário e orla portuária em pauta

Reconstrução do sistema viário de Envira começa a avançar, O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), está executando as obras de reconstrução do sistema viário e revitalização da orla turística do município de Envira, distante 1.208 quilômetros em linha reta de Manaus. Com investimento de R$ 15.591.595,69, o contrato do sistema viário contempla a reconstrução de 18.645,42 metros de ruas e avenidas do município. Nesta fase, está em execução os serviços de terraplenagem, imprimação, pintura e asfalto. A obra apresenta um percentual de 51% de execução e a entrega está prevista para dezembro deste ano. Recuperação da orla – Além da reconstrução do sistema viário, a Seinfra iniciou a obra de revitalização e ampliação de cerca de sete mil metros quadrados da orla turística do município. O investimento é de R$ 2.179.198,51. Situado na calha do Juruá, na região sudoeste do estado, o município de Envira conta atualmente

Há 13 anos Envira não consegue bater suas próprias metas no IDEB

Ideb é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino. As medições do Ideb são de suma importância para o avanço da educação no país, visto que ela deve estar em constante movimento e atenção para que não perca qualidade no ensino. Através deste índice, é possível estabelecer metas e entender se os métodos pedagógicos aplicados nas escolas estão surtindo efeito ou não. O Ideb é calculado de forma a combinar dois indicadores muito importantes no que concerne a qualidade da educação: o aprendizado e o fluxo escolar. Isso significa que a nota do Ideb relaciona os resultados das avaliações de larga escala aplicadas pelo Inep com os níveis de aprovação e reprovação das instituições. Longe de conseguir bater suas metas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o município de En

#EnviraNews: corpo de jovem é encontrado na ponte do Joaquim Souza

Recebemos a informação de que o corpo de um jovem ainda não identificado, foi encontrado na ponte do Sr. Joaquim Souza, em estado de putrefação. De acordo com as informações que recebemos o mesmo teve sua cabeça decapitada e seu corpo encontra-se na Hospital Municipal Evaristo Rates da Silva Aguardamos por mais informações para atualizarmos a matéria.

Ivon Rates e Rômulo Mattos relacionados pelo TCU por contas irregulares

Tribunal Superior Eleitoral recebe lista de gestores públicos com contas rejeitadas pelo TCU No último dia 14 de setembro o Tribunal de Contas da União enviou uma lista com mais de 7 mil nomes de gestores públicos que tiveram suas contas rejeitadas pelo TCU.  Nas palavras do presidente do TSE, Luís Roberto Barroso o compartilhamento dessas informações entre as instituições é um passo importante para que a lisura do pleito eleitoral ocorra da melhor maneira possível. "Nós estamos aqui cuidando de dar o máximo de transparência a essas decisões do Tribunal de Contas da União que impactam a Lei da Ficha Limpa" Isso pode dar uma nova perspectiva para as eleições municipais, afinal na lista entregue ao TSE consta além do nome do atual prefeito de Envira, Ivon Rates da Silva, o nome do ex gestor público, e hoje pré candidato a prefeitura de Envira, Rômulo Barbosa Mattos.  "De acordo com a Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar nº 64/1990), são inelegíveis os gestores públicos