Pular para o conteúdo principal

Amazonas bem representado: Emerson Munduruku é selecionado para o 7º Prêmio EDP nas Artes

Artista do Amazonas é selecionado para o 7º Prêmio EDP nas Artes, realizado em parceria com Instituto Tomie Ohtake. 


O Instituto Tomie Ohtake e a EDP, com o apoio do Instituto EDP, anunciam os 10 artistas selecionados, entre os 456 inscritos, provenientes de 21 Estados brasileiros e do Distrito Federal, nesta sétima edição do Prêmio EDP nas Artes. O artista amazonense Emerson Munduruku - Uyra Sodoma, de Manaus, compõe a seleção deste ano.

Emerson Munduruku é Ativista visual indígena. Com afeto radical pela Vida, vira uma Árvore que anda. Formou-se em Biologia, mestre em Ecologia e é Arte educador de jovens ribeirinhos e indígenas no Amazonas. Em foto-performances, encarna Uýra Sodoma, sua presença de bicho e planta, em denúncia às violências aos sistemas vivos e em anúncio de histórias de Vida e encantaria que moram na paisagem cidade-floresta.

Além dele, foram selecionados ainda: Arivanio Alves, Quixelô - CE; Davi de Jesus do Nascimento, Pirapora - MG; Érica Storer de Araújo, Curitiba - PR; Felipe Rezende, Salvador - BA; Gu da Cei, Ceilândia - DF; Hariel Revignet, Goiânia - GO; Luana Vitra, Contagem - MG; Talles Lopes, Anápolis - GO e Yná Kabe Rodríguez, Brasília - DF.

Do total de inscrições, foram pré-selecionados 20 nomes, mediante análise de portfólio, desempenhada por um júri composto pelos artistas Arthur Chaves, Dora Longo Bahia e Elilson e pelos curadores Amanda Carneiro e Theo Monteiro. Após entrevistas individuais por vídeo-chamada, definiu-se a lista dos 10 selecionados. O grupo receberá acompanhamento personalizado da equipe de jurados para o processo de realização das respectivas obras. Este acompanhamento, oportunidade rara para jovens artistas, implementa os critérios para a escolha dos três premiados.

A premiação se completa com a exposição dos trabalhos dos 10 artistas no Instituto Tomie Ohtake. A abertura da exposição e o anúncio dos três premiados com residências internacionais, deverá acontecer em 1º de outubro deste ano, data a ser confirmada em função das orientações sanitárias e governamentais a respeito do controle da pandemia da Covid-19.

Voltado para estimular a produção artística contemporânea, o Prêmio EDP nas Artes é dedicado a jovens artistas de todo o Brasil, nascidos ou residentes no país há pelo menos dois anos, com idade entre 18 e 29 anos. A iniciativa, além da premiação, contempla uma série de atividades ao longo do ano, como cursos, palestras, lives e workshops em regiões brasileiras onde o acesso à arte contemporânea é mais restrito.

Na edição anterior, em 2018, os três premiados com residências artísticas internacionais foram Marie Carangi (Recife - PE, 1989); Elilson (Recife - PE, 1991) e Iagor João Barbosa Peres (Rio De Janeiro - RJ, 1995).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.