Pular para o conteúdo principal

CIBERSEGURANÇA EM TEMPOS DE VAZAMENTO DE DADOS PESSOAIS

O ano de 2018 foi marcado por diversos escândalos no mundo online envolvendo compartilhamento de informações pessoais de plataformas sociais como, por exemplo, os 50 milhões de americanos que tiveram dados utilizados de forma irregular pelo Facebook e acessados pela empresa de consultoria Cambridge Analytica; ou, em outra ocasião, o vazamento de elementos de 87 milhões de pessoas por essa mesma rede social, das quais 443 mil eram brasileiros.

Seja por problemas nas plataformas, fraudes no armazenamento das informações ou ataques de hackers, esses vazamentos indevidos violam a Constituição Federal, já que expõem a privacidade garantida pela lei ao cidadão, além de contrariar o Marco Civil da Internet (Lei 12.965, de 2014) e o Decreto 8.771, de 2016, que restringem provedores de aplicativos de repassar dados dos usuários a terceiros.

A cibersegurança é, em resposta, um mercado crescente, principalmente porque grande parte dos serviços, sociais ou empresariais estão hospedados em nuvens, junto com as informações mais valiosas. Assim, as marcas precisam assegurar essa informação de algum modo, e a cibersegurança é a única forma de antecipar muitos desses riscos. O caminho é (e sempre será!) a prevenção.

Os criminosos, com diferentes experiências e conhecimentos, têm se adaptado e unindo-se para vender componentes de ataques por módulos, além de fortalecer o mercado de malware. O perigo instaura-se nessas quadrilhas cibernéticas, que tendem estar associadas com crimes de lavagem de dinheiro, fraudes institucionais e bancárias, técnicas de evasão e explorações de vulnerabilidades.

Portanto, todas as empresas devem preocupar-se com seus dados e antecipar-se aos riscos, formando equipes responsáveis pelo desenvolvimento de soluções internas e externas que tragam mais estabilidade e segurança aos seus sistemas, e consequentemente aos seus dados. Os cibercriminosos estão sempre atrás de informações sensíveis, que são as mais valiosas para os negócios, e a mais importantes para eles para cometerem fraudes, realizar compras indevidas e muitas outras ações ilícitas.

Vale lembrar que os cibercriminosos tornam-se cada vez melhores em infiltrar-se nos sistemas em busca dessas informações sensíveis e não seria diferente conosco. Por isso, adequar-se à Lei Geral de Proteção de Dados é transformar o negócio em um gerador e armazenador de dados cuidadosos, trazendo uma postura muito mais ativa diante deste problema. Pense nisso!

_________________________________________________________________________________


Eduardo Tardelli 

CEO da upLexis, empresa de software que desenvolve soluções de busca e estruturação de informações extraídas de grandes volumes de dados (Big Data) extraídos da internet e outras bases de conhecimento

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presos arrombam 'presídio' e estão à solta em Envira

Envira - Nos últimos meses os cidadãos envirenses tem observado alarmados o aumento da criminalidade em nossa tão amada cidade. Todos os dias observamos postagens nas redes sociais, status de WhatsApp e mensagens em grupos de cidadãos denunciando roubos e furtos. É preocupante pensar que Envira esteja passando por uma situação como essas: furtos, assaltos, roubos ou a cobrança de pedágios ao tentar entrar em determinados bairros e ruas. Não existe uma preferência, rouba-se veículos, smartphones, alimentos, roubas e até animais. Além de todos esses problemas ainda existe a enorme preocupação com o tráfico de drogas, a violência crescentes e a ociosidade dos jovens. As informações que temos é que após o pedido de remoção do Tenente Felipe Cerqueira (feito por ele mesmo), outros policiais que são muito queridos e bastante competentes em suas ações, também pediram remoção e estarão deixando a cidade de Envira futuramente. Nossa cidade perderá um destacamento de policiais em um momento cru

Há 2 dias jovem em situação grave aguarda regaste aéreo em Envira

Envira - Na última quinta-feira (04), o jovem Adenízio da Silva, mais conhecido como Diezon, se acidentou com uma arma de fogo. De acordo com informações repassadas pelos seus familiares, o jovem encontrava-se em uma embarcação de pesca, onde fazia a limpeza de uma arma de fogo, enquanto acidentalmente acabou apertando o gatilho da arma, que veio a disparar em seu rosto. O jovem encontra-se internado na Unidade Hospitalar do Município de Envira aguardando sua transferência para a Capital, familiares informam que ele encontra-se com a bala ainda alojada na garganta, com ferimentos graves no trato respiratório e com grande dificuldade de respirar. A família informou que desde o momento que o jovem deu entrada no hospital a equipe médica comunicou a gravidade da situação que o jovem se encontra, e que tem buscado contato com os gestores municipais solicitando ajuda, mas não tem conseguido uma resposta exata sobre quando ocorrerá a transferência do mesmo. 

Em Eirunepé-AM, PMAM captura foragido do Sistema Prisional de Envira

Indivíduo de 29 anos foi conduzido e entregue na Delegacia de Polícia de Eirunepé Eirunepé - Policiais militares da 1ª Companhia Independente de Policia Militar - CIPM, apreenderam por volta das 20h, desta terça feira (07), um meliante de 29 anos que encontrava-se foragido do Sistema Prisional de Envira, o mesmo estava escondido em uma residência no bairro de São Domingos. Os policiais detiveram o foragido após recebimento de várias denúncias informando que o mesmo se encontrava escondido na residência. Após investigação foi confirmado a denúncia, o mesmo foi preso pela guarnição da 1ª CIPM e em seguida encaminhado ao 7º DIP-AM.